sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Resposta ao tempo




Batidas na porta da frente
É o tempo
Eu bebo um pouquinho
Prá ter argumento
Mas fico sem jeito
Calado, ele ri
Ele zomba
Do quanto eu chorei
Porque sabe passar
E eu não sei
Num dia azul de verão
Sinto o vento
Há fôlhas no meu coração
É o tempo
Recordo um amor que perdi
Ele ri
Diz que somos iguais
Se eu notei
Pois não sabe ficar
E eu também não sei
E gira em volta de mim
Sussurra que apaga os caminhos
Que amores terminam no escuro
Sozinhos
Respondo que ele aprisiona
Eu liberto
Que ele adormece as paixões
Eu desperto
E o tempo se rói
Com inveja de mim
Me vigia querendo aprender
Como eu morro de amor
Prá tentar reviver
No fundo é uma eterna criança
Que não soube amadurecer
Eu posso, ele não vai poder
Me esquecer
Respondo que ele aprisiona
Eu liberto
Que ele adormece as paixões
Eu desperto
E o tempo se rói
Com inveja de mim
Me vigia querendo aprender
Como eu morro de amor
Prá tentar reviver
No fundo é uma eterna criança
Que não soube amadurecer
Eu posso, e ele não vai poder
Me esquecer
   No fundo é uma eterna criança
  Que não soube amadurecer
    Eu posso, ele não vai poder
     Me esquece

  Nana Caymmi

Composição: Aldir Blanc/Cristovão Bastos


Essa é a trilha sonora  oferecida pela Luna  pra acompanhar o texto                     "Só o tempo"
sinceramente...Adorei


Obrigada Luna


4 comentários:

Sir Lancelot disse...

Já disse e repito... esse cantinho é realmente um sonho...

Obrigado pela visita.

Luna Sanchez disse...

Oba!

Fico feliz que tenha gostado da música a ponto de postá-la. É uma das que mais me emocionam, acho simplesmente perfeita! =)

Quem agradece sou eu, moça.

Dois beijos de sábado, tenha um dia ótimo.

* O visual novo do blog está lindo! Parabéns, gostei muito.

ℓυηα

Andréia A disse...

Bom Dia Querida que bom que gostou do texto e que se viu nele..
Se quiser pode pega-lo viu!!
Voce ja é de casa!
Otimo sábado!
Deus lhe abençoe sempre
Beijao

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Ai adoro essa música.