quarta-feira, 30 de dezembro de 2009



não era um dia melancólico nem o horário prenunciava
a cena que viria
era o início de tarde qualquer,dos que não se adivinha 
a temperatura
não havia temporal,não era feriado nem véspera de
nada
e não há fosfato que me faça lembrar que roupa estava
usando


pois neste histo de tempo em que não chovia nem
molhava
em que frases arrastavam-se lentamente uma a uma
é que aconteceu o inesperado de uma vida,um divisor
de águas
entre a mulher saúdavel que eu era e a mulher que eu sangraria


não durou nem dois minutos,não houve violência,
parece até que havia música
algo dito em voz baixa calou fundo num ponto ainda
agreste do meu lado esquerdo
não recordo se era quinta ou sexta,se foi,se foi a sete ou oito anos,
e os porquês
só sei que fui despida bruscamente e desconfio que já 
não usava roupa alguma




(lembro perfeitamente do dia,como se fosse hoje,o dia em que comecei a sangrar...)

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

É Natal todo Dia




Por isso todos os dias peço a Deus que me ilumine para: ser eu mesma, ter liberdade e dar amor com gratuidade. Ser humilde, viver o presente, ser bondosa, tentar ser justa, falar com Deus e trabalhar.
Agradecer, confortar, irradiar alegria, respeitar o outro, ir em frente, ter vida interior, ser otimista.
Cuidar dos idosos, zelar pelo doente, ser simples, confiar em Deus, reconhecer o bem que me fazem.
Fazer-me respeitar pelo que sou, ter prudência, ter fé, não ser preconceituosa, crer, amar independentemente de  raça, religião, cor, cultura.
Ser caridosa, ter dignidade, conviver com as diferenças, saber sofrer, sonhar, perdoar, ser paciente.
Ter coragem, sorrir, chorar, repartir, ter firmeza e bom senso, saber que a virtude mora no meio termo.
Respeitar direitos e cumprir deveres, ser solícita, saber  dar e pedir, nunca desanimar.
Dar um pouco de mim, irradiar ternura, não deixar a esperança fenecer.
Respeitar a vida, conquistar a felicidade pela simplicidade, ser transparente, amar o inimigo, cultivar amizades.
Reconhecer meus erros e desculpar-me por eles, sair de dentro de mim e abrir o coração, ser verdadeira, não julgar nem criticar.
Ser cada dia melhor, aprender a conviver, aceitar os erros alheios, ser tolerante.
É muita coisa e algumas tão difíceis de realizar! Mas é esse o maior presente que podemos nos oferecer. E é o melhor que Jesus Cristo deseja de nós... Neste, e em todos os próximos Natais, tenhamos em mente que a Santa Noite é de confraternização da família, dos amigos, e do irmão desconhecido. E acima de tudo, que o nascimento é de JESUS. Façamos nossa oração por Ele, brindemos e agradeçamos a Ele. Eis o verdadeiro espírito do Natal!
Que todos renasçamos com Cristo em paz e com muito amor!
FELIZ NATAL!





Boas Festas a Todos os Sonhadores que me acompanham aqui e aos que eu acompanho.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Te amei (ainda amo)e é impossível esquecer esse Amor



Te amei e amei minha fantasia
amei de novo e amei a nossa estreia
amei meu próprio amor e amei a tua audácia
te amei muito e pouco e comovidamente
amei a história construída,os ritos e os porquês
te amei no invisível e no inaudível
amei no crível e no incrível
amei ser dona e te amei freguês
te amei e amei a farsa arquitetada
amei o nosso caso e amei a nossa casa
amei a mim,amei a ti,parti-me ao meio
te amei no profundo,no raso e com atraso
 não era tua hora,não era minha vez


(retirado do Livro Cartas Extraviadas e Outros Poemas


quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Não sei perdoar,e isso também me machuca



Simplesmente não CONSIGO,não dá,tentei,tentei e tentei de todas as maneiras possíveis,
Já orei a Deus,pedi pra abrandar meu coração,me vem uma certa calma,uma Paz,mas é temporário.


Sou super desconfiada com as pessoas,demoro a fazer uma amizade ou conquistar alguma.
mas se pisar na bola comigo uma única vez,não esqueço.
Queria e Quero não dar muita importância a isso,mas simplesmente não consigo.




"Aprendi que minhas

delicadezas nem sempre

são suficientes para despertar

a suavidade alheia,

e mesmo assim insisto."


terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Hora de colocar os Sentimentos no lugar



"Depois de todas as tempestades e naufrágios, o que fica em mim é cada vez mais essencial e verdadeiro...."
(Caio Fernando Abreu)


Dessa vez tive que enfrentar essa tempestade sozinha,sem minha amiga ao meu lado,me emprestando o ombro cada vez que eu chorava,e chorei muito,dessa vez ela  estava no meio.
Nem sei mais se posso chamá-la de "amiga",não sei mesmo,sinto saudade de conversar,de dividir um pouco da minha vida com ela,como sempre fizemos.


Mas...fiquei decepcionada com ela,ainda não tive coragem de falar com ela sobre isso(ainda),mas espero ter,não quero entrar um novo ano,com magoas no coração.

Quero deixar as coisas nos seu devidos lugares,quero chorar com ela,quero gritar com ela,quero brigar com ela,não sei se depois dessa conversa ainda terei uma amiga,quem sabe,não sei se posso confiar nela como antes,nossa amizade não será mais a mesma,disso tenho certeza,e é isso que me deixa triste.


Meu prazo se encerra dia 31/12,até lá ando buscando as palavras certas e força,muita força pra dizer o que preciso e escutar.



segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Simples assim...



Pensei em excluir o blog,várias e várias vezes,mas ai parava e vinha ler,ver as imagens...vendo cada uma delas,me lembro exatamente o que eu estava sentindo no dia em que postava,gosto demais das imagens que posto,cada uma delas me toca de um jeito,cada texto que escolho tem a ver comigo,com meu momento.


Não sou um Caio Fernando Abreu,nem Martha Medeiros,nem Clarice Lispector,nem Fabrico Carpinejar,entre outros tantos e tantos...



Sou sim aquelas que apenas "Copia e Cola"..sabe porque???

Porque simplesmente de identifico com o que leio,porque gosto e gosto muito de ler,porque modéstia a parte,tenho muito bom gosto.



Quando resolvi "criar" um blog,eu estava no meio de uma tempestade de sentimentos,era uma mistura de euforia,tristeza,alegria,dúvida..tudo que tu possa imaginar...e o blog é onde posso me libertar,digamos assim,onde posso deixar um pouco de mim,um pouco do que sinto.


Não me importo com os "comentários" recebidos,números não me atraem.
Prefiro qualidade e sinceridade,isso sim é o que deixa contente,
é o que me faz querer continuar com o blog,o meu blog,do jeito que quero e como quero,
e aos que não gostam....só lamento!!!!


Então:


Para a alegria de poucos e o desespero de MUITOS...




 Bom Dia!!!!

quarta-feira, 25 de novembro de 2009



Obrigada a Todos que estiveram por aqui comentando,pela atenção e pelo carinho.
Ultimamente não consigo pensar em nada,não consigo me concentrar,preciso de um tempo pra cuidar de mim,não sei quando tempo vou ficar sem postar algo,só sei que virei comentar nos blog´s que eu acompanho,sempre que for possível.



sexta-feira, 20 de novembro de 2009

quinta-feira, 19 de novembro de 2009


Nem com o passar dos anos meu coração vai se recuperar,não totalmente,sei disso.
Não me envergonho em dizer que mesmo depois de tantos anos,eu ainda o amo muito.
Quero entender,mas não consigo.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009


Me ensina,me diz como deixo de te amar assim,com essa fome que me mata,que me sufoca,que me deixa quase louca,não,ainda não fiquei louca,antes que isso aconteça,eu te imploro:
"Me diz como deixo de TE AMAR"
me ensina,porque só assim vou conseguir ter Paz e Viver completa

sexta-feira, 13 de novembro de 2009



"Gentileza não é puxa-saquismo" 

(Martha Medeiros)

Opinião de um homem sobre o corpo feminino


Não importa o quanto pesa. É fascinante tocar, abraçar e acariciar o corpo de uma mulher. Saber seu peso não nos proporciona nenhuma emoção.


Não temos a menor idéia de qual seja seu manequim. Nossa avaliação é visual, isso quer dizer, se tem forma de guitarra... está bem. Não nos importa quanto medem em centímetros - é uma questão de proporções, não de medidas.


As proporções ideais do corpo de uma mulher são: curvilíneas, cheinhas, femininas... . Essa classe de corpo que, sem dúvida, se nota numa fração de segundo. As magrinhas que desfilam nas passarelas, seguem a tendência desenhada por estilistas que, diga-se de passagem, são todos gays e odeiam as mulheres e com elas competem. Suas modas são retas e sem formas e agridem o corpo que eles odeiam porque não podem tê-los.


Não há beleza mais irresistível na mulher do que a
feminilidade e a doçura. A elegância e o bom trato, são equivalentes a mil viagras.


A maquiagem foi inventada para que as mulheres a usem. Usem! Para andar de cara lavada, basta a nossa. Os cabelos, quanto mais tratados, melhor.
As saias foram inventadas para mostrar suas magníficas pernas.. Porque razão as cobrem com calças longas? Para que as confundam conosco? Uma onda é uma onda, as cadeiras são cadeiras e pronto. Se a natureza lhes deu estas formas curvilíneas, foi por alguma razão e eu reitero: nós gostamos assim. Ocultar essas formas, é como ter o melhor sofá embalado no sótão.
É essa a lei da natureza... que todo aquele que se casa com uma modelo magra, anoréxica, bulêmica e nervosa logo procura uma amante cheinha, simpática, tranqüila e cheia de saúde.
Entendam de uma vez! Tratem de agradar a nós e não a vocês. porque, nunca terão uma referência objetiva, do quanto são lindas, dita por uma mulher. Nenhuma mulher vai reconhecer jamais, diante de um homem, com sinceridade, que outra mulher é linda.
As jovens são lindas... mas as de 40 para cima, são verdadeiros pratos fortes. Por tantas delas somos capazes de atravessar o atlântico a nado. O corpo muda... cresce. Não podem pensar, sem ficarem psicóticas que podem entrar no mesmo vestido que
usavam aos 18. Entretanto uma mulher de 45, na qual entre na roupa que usou aos 18 anos, ou tem problemas de desenvolvimento ou está se auto-destruindo.
Nós gostamos das mulheres que sabem conduzir sua vida com equilíbrio e sabem controlar sua natural tendência a culpas. Ou seja, aquela que quando tem que comer, come com vontade (a dieta virá em setembro, não antes; quando tem que fazer dieta, faz dieta com vontade (não se saboteia e não sofre); quando tem que ter intimidade
com o parceiro, tem com vontade; quando tem que comprar algo que goste, compra; quando tem que economizar, economiza.

Algumas linhas no rosto, algumas cicatrizes no ventre, algumas marcas de estrias não lhes tira a beleza. São feridas de guerra, testemunhas de que fizeram algo em suas vidas, não tiveram anos 'em formol' nem em spa... viveram! O corpo da mulher é a prova de que Deus

existe. É o sagrado recinto da gestação de todos os homens, onde foram alimentados, ninados e nós, sem querer, as enchemos de estrias, de cesárias e demais coisas que tiveram que acontecer para estarmos vivos.

Cuidem-no! Cuidem-se! Amem-se!



A beleza é tudo isto.
 
    (Paulo Coelho)


sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Dois Amores


Você ama João. E ama Jorge. E acha que está ficando louca.
Amenize este diagnóstico. É possível
– e nem tão raro assim – amar duas pessoas ao mesmo tempo.
Este “ao mesmo tempo” lhe dói, não lhe parece coisa de gente séria, mas lembre-se:
você ama de maneiras diferentes.
Ninguém possui o poder de saciar 100% outra pessoa.
Nesses vácuos é que nascem outros amores.
Você ama João e sua ternura, ama João e seu poder tranquilizante,
ama João e a segurança que ele lhe dá, ama João em baixa velocidade, ama João a passeio, apreciando a vista.
.
Jorge, ao contrário, é mais agitado, desperta em você ansiedade e adolescência,
você ama o que Jorge faz com você, e do jeito que faz:
com pegada, sedutoramente.
Você ama o que João tem de paz e o que Jorge tem de visceral,
você ama o que cada um deles lhe completa.
O normal seria isso, amarmos mais de um para alcançarmos integralmente a nós mesmos,
mas a regra é clara: não mesmo.
Se vire com um só.
E a gente obedece, reza, livrai-nos de todo mal, ó Pai.
Escolhe um, o ama, mas sente falta de si mesmo,
de desenvolver um outro lado que este amor único não atinge.
Separa, casa de novo, agora é outro amor, ama, e ainda não se sente totalmente preenchida.
.
Um dia acontece: dois amores.
Um mais constante, outro de vez em quando.
Um amor adulto, outro divertido.
Um amor de infância; o outro, de aventura.
Tudo isso existe, persiste, insiste em acontecer.
Tudo por baixo dos panos, tudo velado, mentido,
confessado apenas nos consultórios de analistas e nas mesas de bar,
entre amigos de muita confiança.
.
Será que algum dia poderemos falar disso abertamente,
em voz alta, fora dos livros, do cinema, na vida quotidiana da gente?
Enquanto ninguém se atreve, mulheres e homens
que atravessaram a fronteira da monogamia seguem felizes da vida
– e infelizes da vida.


~ Carta extraviada 5 ~




Tudo o que vejo são telas digitais, um novo mundo feito de chips e megabytes, e você vêm falar de amor, um amor que deixaria a todos incrédulos por ser real demais.Não recebi suas cartas, mas sei que elas foram escritas, o universo regido por ícones eletrônicos induz a fantasias telepáticas. Ser intuitiva também é uma forma de conexão, há muitas cartas extraviadas viajando pelo espaço, sem fios ou cabos, sem satélites, palavras silenciadas e igualmente transmitidas. Amor é um troço raro e sempre de vanguarda.Também escrevo minhas cartas que não são postadas, cartas digitalizadas no sonho, um mundo de excelentes intenções, nostalgias, poesias, essas coisas quase fluviais.Você vem falar de amor de um modo que emociona, e eu vou falar de amor como se fosse sua resposta. Agradeço, primeiramente, o amor recebido e negado, demonstrado e não, seus adjetivos, seus diagnósticos e o tempo percorrido, se foi um amor de verão ou se comemorou vinte bodas anuais, o amor que sinto não é dado a configurações, o amor transcende, nunca foi mortal como a gente.Gosto destes sons, embala o amor a rima, navego empurrada pelos ais e por sufixos e sílabas que remam, remam, aqui vão minhas palavras navais. O amor não tem ancoradouro, porto, cais – o amor é navegante e recolhe pessoas neste mar de distraídos, salva vidas. O amor que você narra e a mim dirige é amor primitivo, fora de catálogo, é sorte dos amores ambientais, estão por toda parte, para senti-lo requer apenas querê-lo. Conceitos fugazes do amor? Não creio. Há os amores produzidos e os amores naturais, os amores duros e os rarefeitos, há os que nascem do peito e os ancestrais, amores vários, todos iguais.Em diversas cartas há seu apelo e sua culpa pelo amor não-vivido. O amor vive apesar de nós, tudo o que se sente é validado por ser existente, não sofra mais. Foram cartas não assinadas, não enviadas, talvez escritas por mais de uma pessoa, tanto faz. São cartas de amor, e mesmo com angústia e anonimato, sobrevive nelas o tesouro de um sentimento bruto, porém não violento. O amor comentado nestes tempos que correm é produto, assunto de revistas e jornais, o amor nos tempos que correm deveria ir mais devagar, aceitarem-se múltiplos, gozo, gás. Você que escreve mentalmente, você que escreve cartas para ficar, você que não sabe direito que amor é esse e que só quer se desculpar, você que ama livre e você, entre grades, você que ama em pensamento, você e você e você, nós todos e nossos amores ornamentais, que ainda nos fazem chorar e mal entender, carentes existenciais, você e você e você e nossas cartas abortadas, digamos para nós mesmos: comunicar é lindo e gritar o amor é nobre, dizer te amo é bálsamo e mais ainda, escutar. Mas o amor independe, o amor, remetente, é transcrito no olhar, há quem entenda e há quem procure lê-lo em outro lugar. Amor é carta que mesmo extraviada está ora chegando e partindo, e pode cair em mãos que não as destinadas, mas onde estiverem as palavras, escritas ou caladas, onde estiverem os desejos e seus códigos postais, não importa a data em que foram selados, serão sempre cartas de amor e amores que alcançaram seus finais.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009



Quem não percebeu a dor do meu silêncio
Não conhece o coração de uma mulher
...

Que mundo tão sem graça
Mais confuso do que o meu
...



(Migalhas-Simone)

                                                                        *



                                                                          *
Olha que lindo os selinhos que ganhei do Lukas(ameiiiiii)
A Cela De Um Anjo Caído
eu adoro ler o que esse menino posta...muitos já conhecem,mas quem não conhece ainda,não perca tempo...tenho certeza de que Você vai gostar tanto ou mais que Eu..


Obrigada!!!!




 Recebi o selinho da Cris do blog ...Vou nessa
Obrigada!!!!!!!

Regras: Poste o selo, complete as frases abaixo e indique 5 blogs para recebê-lo.

  Eu já...tive vontade de fugir

  Eu nunca...fui falsa com pessoas que amo

  Eu sei ...que sou amada e muito por quem eu amo

 Eu quero...pessoas verdadeiras sempre perto de mim

  Eu sonho...que um dia esse mundo será mais justo



Indico para receber os selos os blogs:
 




Selinho da Cris,o blog  ...vou nessa 

o nome já diz  VIVO TUDO INTENSAMENTE...
com certeza é assim que se deve viver sempre...é lindo!

sexta-feira, 30 de outubro de 2009



Meu Deus, não sou muito forte(...)
Preciso agora da tua mão sobre a minha cabeça. 
Que eu não perca a capacidade de amar, de ver, de sentir.
Que eu continue alerta. 
Que, se necessário, eu possa ter novamente o impulso do vôo no momento exato.
Que eu não me perca, que eu não me fira, que não me firam, que eu não fira ninguém.
Livra-me dos poços e dos becos de mim, Senhor. 
Que meus olhos saibam continuar se alargando sempre. 
Sinto uma dor enorme de não ser dois e não poder assim um ter partido, outro ter ficado com todas aquelas pessoas.

*Não,eu não sou forte,isso que vê é apenas aparência de uma pessoa com o coração em pedaços,que nunca conseguiu ser a mesma depois de tudo que aconteceu
o tempo passou,as pessoas foram e voltaram e eu permaneci com meu amor guardado,escondido,sufocado...e não,você não sabe,não entende,por mais que queira,Você não entende  e nunca vai conseguir entender esse  meu amor...
Eu sei e entendo as escolhas que "Você" teve que fazer..eu não tive escolhas,as coisa na minha vida foram aparecendo na minha frente e eu apenas aceitando,não sou infeliz e sei que você também não.*
Minha vida continua,mas  já não sou mais a mesma.



quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Almas Que Se Encontram


Dizem que para o amor chegar não há dia...
Não há hora...
E nem momento marcado para acontecer.
Ele vem de repente e se instala...
No mais sensível dos nossos órgãos... o coração.
Começo a acreditar que sim...
Mas percebo também que pelo fato deste momento...
Não ser determinado pelas pessoas...
Quando chega, quase sempre os sintomas são arrebatadores...
Vira tudo às avessas e a bagunça feliz se faz instalada.
Quando duas almas se encontram o que realça primeiro...
Não é a aparência física, mas a semelhança das almas.
Elas se compreendem e sentem falta uma da outra....
Se entristecem por não terem se encontrado antes...
Afinal tudo poderia ser tão diferente.
No entanto sabem que o caminho é este...
E que não haverá retorno para as suas pretensões.
É como se elas falassem além das palavras...
Entendessem a tristeza do outro, a alegria e o desejo...
Mesmo estando em lugares diferentes.
Quando almas afins se entrelaçam...
Passam a sentir saudade uma da outra...
Em um processo contínuo de reaproximação...
Até a consumação.
Almas que se encontram podem sofrer bastante também,
Pois muitas vezes tais encontros acontecem...
Em momentos onde não mais podem extravasar...
Toda a plenitude do amor...
Que carregam, toda a alegria de amar...
E de querer compartilhar a vida com o outro,
Toda a emoção contida à espera do encontro final.
Desejam coisas que se tornam quase impossíveis,
Mas que são tão simples de viver.
Como ver o pôr-do-sol...
Ou de caminhar por uma estrada com lindas árvores...
Ver a noite chegar...
Ir ao cinema e comer pipocas...
Rir e brincar...
Brigar às vezes, Mas fazer as pazes com um jeitinho muito especial.
Amar e amar, muitas vezes...
Sabendo que logo depois poderão estar juntas de novo...
Sem que a despedida se faça presente.
Porém muitas vezes elas se encontram em um tempo...
E em um espaço diferente...
Do que suas realidades possam permitir.
Mas depois que se encontram...
Ficam marcadas ... tatuadas...
E ainda que nunca venham a caminhar para sempre juntas...
Elas jamais conseguirão se separar...
E o mais importante ...
Terão de se encontrar em algum lugar.
Almas que se encontram jamais se sentirão sozinhas...
Porquanto entenderão, por si só, a infinita necessidade...
Que têm uma da outra para toda a eternidade.





(desconheço a autoria)
:(

sábado, 24 de outubro de 2009

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Resposta ao tempo




Batidas na porta da frente
É o tempo
Eu bebo um pouquinho
Prá ter argumento
Mas fico sem jeito
Calado, ele ri
Ele zomba
Do quanto eu chorei
Porque sabe passar
E eu não sei
Num dia azul de verão
Sinto o vento
Há fôlhas no meu coração
É o tempo
Recordo um amor que perdi
Ele ri
Diz que somos iguais
Se eu notei
Pois não sabe ficar
E eu também não sei
E gira em volta de mim
Sussurra que apaga os caminhos
Que amores terminam no escuro
Sozinhos
Respondo que ele aprisiona
Eu liberto
Que ele adormece as paixões
Eu desperto
E o tempo se rói
Com inveja de mim
Me vigia querendo aprender
Como eu morro de amor
Prá tentar reviver
No fundo é uma eterna criança
Que não soube amadurecer
Eu posso, ele não vai poder
Me esquecer
Respondo que ele aprisiona
Eu liberto
Que ele adormece as paixões
Eu desperto
E o tempo se rói
Com inveja de mim
Me vigia querendo aprender
Como eu morro de amor
Prá tentar reviver
No fundo é uma eterna criança
Que não soube amadurecer
Eu posso, e ele não vai poder
Me esquecer
   No fundo é uma eterna criança
  Que não soube amadurecer
    Eu posso, ele não vai poder
     Me esquece

  Nana Caymmi

Composição: Aldir Blanc/Cristovão Bastos


Essa é a trilha sonora  oferecida pela Luna  pra acompanhar o texto                     "Só o tempo"
sinceramente...Adorei


Obrigada Luna


Só o tempo



Só o tempo
Me entrega a razão.
Só o tempo
Me mostrará a visão do mundo
Com os seus truques e armadilhas.
Não há pressa,
Só o tempo reconstrói um coração
Partido pelas ilusões.
Só o tempo
Me responderá quem sou,
Trará-me minha verdadeira identidade.
Só o tempo
Presenteara-me com a felicidade.
A calma será minha confidente
E a esperança minha dona.
Só o tempo
Desvenda meu amor
E preenche com sorrisos
O vazio na alma.
Só o tempo
Poderá me trazer as respostas
Para tantas desilusões.
Só o tempo
Me deixará viver o meu destino.
Só o tempo
Cura as feridas na alma
E ensina as lições do amor.
Só o tempo
E nada mais.


(autoria desconhecida)
 

Outro texto lindo que recebi da Andréia e não poderia deixar ele escondido
impossível deixar
mais uma vez
 
*Obrigada*

~ Soneto 35 ~




Não chores mais o erro cometido;
Na fonte, há lodo; a rosa tem espinho;
O sol no eclipse é sol obscurecido;
Na flor também o inseto faz seu ninho;

Erram todos, eu mesmo errei já tanto,
Que te sobram razões de compensar
Com essas faltas minhas tudo quanto
Não terás tu somente a resgatar;

Os sentidos traíram-te, e meu senso
De parte adversa é mais teu defensor,
Se contra mim te excuso, e me convenço

Na batalha do ódio com o amor:
Vítima e cúmplice do criminoso,
Dou-me ao ladrão amado e amoroso.



Recebi esse texto lindo da Andréia nos comentários, 
é lindo não poderia e não conseguiria deixar ele escondido 
resolvi postar


Obrigada pelas palavras lindas que me deixa,pelo carinho e pela atenção

quinta-feira, 22 de outubro de 2009



Dias de chuva



é nos dias de chuva,que me vem aquela vontade louca de correr ao teu encontro
quanto aos outros dias,eu procuro fingir que esqueci de tudo que vivi e que ainda sinto
mas não consigo,isso me faz querer viver muito mais e lutar por mim e por ti mesmo longe.
"rio g..."

(como dói)

quarta-feira, 21 de outubro de 2009



Alguns pensamentos são preces. 
há momentos em que, 
qualquer que seja a posição do corpo
a alma está de joelhos 



Esses  selinhos foram oferecidos pela Patty do blog  Intensamente




Obrigada!!!!!


de coração



Recebi esse selinho lindo da Menina Borboleta do blog

Regras:

-Responder as seguintes perguntas:

O que um blog deve ter não somente para você segui-lo, mas para seguir e participar?
Verdade,no que leio,sentimento mesmo,tem que tocar meu coração(sou uma maria mole)

Qual foi o principal motivo que te levou a abrir seu blog?
 Sinceramente,não pensei muito ,nem no nome,em nadinha...eu estava meio assim..sabe...triste..e ficava lendo aqui ali..e ia de um blog a outro lendo e refletindo..ai que decidi...me deixei levar e confesso que tô gostando a cada dia mais..

O que os selos representam no seu blog?

Carinho,com certeza!

Existe algum motivo no mundo pelo qual você abriria mão de continuar com o blog? Qual(s)?

Não!!! independente do tempo ou da correria do dia a dia,com certeza sempre vai sobrar um tempinho de vir postar algo,ou mesmo ler os amigos..isso é certo!
 

Faça uma postagem similar a esta para exibir o selo
certo!

Repasse para ao menos cinco blogs que são de mais

aqui a coisa complica,sou péssima em indicar outros blog´s...então ofereço aos 5 primeiros que quiserem...

Obrigada pelo selinho.
gostei demais




terça-feira, 20 de outubro de 2009




Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos,resta-nos um último recurso
não fazer mais nada.

Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram.
Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição.
Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue;outras vezes, 

nada damos e o amor se rende aos nossos pés.
Os sentimentos são sempre uma surpresa.
Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido.
Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer.
Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho...o de mais nada fazer.



(desistir não...apenas deixar que o tempo prove se eu estou certa ou errada,sinto que é meu o teu coração assim como o meu te pertence a muitos anos)




segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Ao meu amor,meu único amor


As vezes temos que dar adeus às coisas que mais gostamos, que realmente marcaram a sua vida e te ensinaram algumas coisas. Coisas que você jamais seria capaz de esquecer e vai estar sempre lembrando de uma forma ou de outra. Que se tornem especiais ou nem tanto mais que tem algum sentido na sua vida. Coisas que te fazem pensar e podem se tornar o seu refúgio naquelas horas, músicas e palavras que te fazem pensar. 


Eu já acendi a minha,vem acender a sua também



Agora pela manhã fui ler o blog da Manuela
que conheci/encontrei essa semana 
dá uma olhadinha e participa Você também,é por uma boa causa,como ela mesma disse 
é só seguir as instruções... 



Começo de Semana,mais que maravilhoso!

 

Horário de verão começou a vigorar no sabádo,acostumar com esse horário é complicado no começo,mas depois acostuma.
Essa imagem é do blog  (in) foto : Por do Sol 
fotografias da própria Helena, quem não conhece vale a pena conferir.

domingo, 18 de outubro de 2009

Homem volta no tempo a procura de um grande amor...o Amor da vida dele


(Imagem de Sofia Miranda)


Quem não viu hoje a noite no Fantástico (essa matéria) falando sobre um amor que durou 30 anos...chorei ao ver,impossível não se emocionar..isso prova que o Amor verdadeiro existe!


"Eu nunca te disse isso antes, mas eu sempre te amei e sempre vou te amar"


"A nossa história mostra que o amor quando ele é verdadeiro, ele nunca acaba, por mais que você se afaste, fique afastado, ele não acaba”

(chorei)

Seu Blog é TUDO DE BOM !!!!



Ganhei um selinho lindo do Lukas do blog  
A Cela De Um Anjo Caido
 e como não sou boa em regras,hoje quero oferecer o selinho a aqueles que eu "sigo" apesar de não gostar dessa palavra "Seguidores" eu também sou uma ''Seguidora/Sonhadora" e a muito acompanho muitos blog´s,mais leio que que comento...sigo alguns a pouco tempo,mas ..modéstia a parte  (tenho bom gosto) SÂO BONS....quem não conhece vale a pena garanto que vão adorar conhecer...bom eu sou suspeita né...  
Atualizei todos hoje a tarde...


Esses blog´s SÂO TUDO DE BOM



Obrigada Lukas pelo selinho que adoreiiiiiii





sábado, 17 de outubro de 2009

Tenho mais selinho pra postar,mas tô com probleminhas aqui..eu volto pra agradecer e postar


beijos aos que passarem por aqui e Bom Final de Semana




Este Selinho a Queti me passou..então vamos lá...



*Regras:
Falar de 6 características minhas e depois 6 blogs que levarão esse selinho.


Características :

*Sonhadora (claro)
*Amiga
*Sincera
*Honesta
*Impulsiva quando Ama
*Simples(não sou cheia de frescuras)gosto de coisas e pessoas simples


                                                          
  Obrigada!!!!!

e passo o Selinho pra:



sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Impossível não reconhecer o valor de uma amizade



"Não há diferenças fundamentais entre o homem e os animais nas suas faculdades mentais...os animais, como os homens, demonstram sentir prazer, dor, felicidade e sofrimento." -


(Charles Darwin)


"animal irracional"???


Mas irracionais por quê? porque não falam nossa língua, não pensam como a gente?? e quem disse que não sentem como a gente?

Isso prova que animais tem os mesmos sentimentos que os nossos

quinta-feira, 15 de outubro de 2009



 O pior momento do amor é quando somos obrigados a esquecer quem aprendemos a amar     

* impossível esquecer*

(desconheço a autoria)


não é só questão de pele...
esse sentimentos não é apenas de agora,
hoje,ontem,amanhã
esse nosso amor é de alma
minha alma gêmea,
longe sempre
mas perto
sempre perto do meu coração
eu sei
sei que um dia...
ficaremos juntos assim
como sempre estivemos em outras vidas
nessa não nos foi permitido
e mesmo "tu" sabe disso...
apesar de não acreditar em muita coisa
tu mesmo reconhece 
"nosso amor"


("será sempre assim,"lembra??)
foi o que me disse uma vez


quarta-feira, 14 de outubro de 2009



"Os ventos que as vezes tiram algo que amamos,
são os mesmos que nos trazem algo que aprendemos
 a AMAR...
Por isso não devemos chorar pelo que nos foi tirado,
e sim, aprender a amar o que nos foi dado ...
Pois tudo aquilo que realmente é nosso 
nunca se vai para sempre..."




me dou o direito de completar com um trecho de Caio o seguinte:


- Você acha que o nosso amor pode fazer milagres?

- Eu acho que o nosso amor pode fazer tudo aquilo que quisermos. É isso que te traz de volta pra mim o tempo todo.



( eu acredito com todo meu coração)


terça-feira, 13 de outubro de 2009



"Mantenha a sinceridade no fundo do seu coração. 

Mantive. 

Tenho mantido."




* espero nunca perder,não e no que depender de mim,e não me importa o que os outros falem*


Amor e Amizade são os melhores sentimentos do Mundo...palavras da Maite...e concordo com ela



 Selinho mais que lindo oferecido pela  Maite

esse selinho não tem regrinhas...acho que já deu pra notar que não sou muita boa com isso né...mas a Maite já disse tudo a respeito..eu como valorizo uma amizade sei bem o valor que ela tem
e quanto ao "Amor" ahhhh sem palavras,sem amor não há razão pra nada nessa vida..e não tem como viver sem amar...se alguém algum dia disser que "nunca" amou ...aiiii que pena....


 Obrigada!


Selinho oferecido e mais que aceito pela Menina Borboleta (gosto de chamar ela assim)

Obrigada Menina...e nem imagina o quanto me deixa contente com todo esse carinho
e eu ofereço a :
"Seguidores" não acho essa palavra apropriada,claro que dá pra mudar...cada pessoa coloca de acordo com o que acha melhor...ou de acordo com o que gosta...Eu sinceramente fico admirada quando venho postar algo e encontro mais um "Sonhador" ou "Sonhadora"
fico lisongeada até,nunca pensei que alguém leria o que posto por aqui ou que deixaria um recadinho,tanto é que deixei sem essa opção,depois quando eu quis colocar eu apanhei até conseguir...mas enfim...Eu fico feliz e por isso ofereço a todos que gostarem daqui






Outro Selinho fofo...da  Menina Borboleta


Obrigada!!!!

Esse tem regras que são:
Postar o selo e linkar o blog que o ofereceu, citar 7 coisas que te fazem bem em um blog, oferecer o selo a 7 blogs que te fazem bem, expor as regras e avisar os indicados.



Coisas que me fazem bem em um blog:



-simplicidade
-atenção
-espontaniedade
-carinho
-sensibilidade
-alegria
-sinceridade