quinta-feira, 5 de novembro de 2009



Quem não percebeu a dor do meu silêncio
Não conhece o coração de uma mulher
...

Que mundo tão sem graça
Mais confuso do que o meu
...



(Migalhas-Simone)

6 comentários:

*** Cris *** disse...

Olá querida, obrigada pelo carinho, mas vou te contar nenhum de meus filhos foi gerado pelo meu ventre,mas com certeza pelo coração e creio que a sensação seja igualmente intensa, quanto a essa filha que já estou na espera também está sendo gerada no coração, só espero que breve como as outras. De qualquer jeito ser mãe é maravilhoso.
Bjs!
Bjs!

Eu amo um cara chamado Flavio disse...

Ah, te achei...acho que meu IE tava com problemas.....obrigada pelas palavras lá no blog e por me seguir, n falou demais não, falou exatamente o que eu espero ler nos coments, senão n teria montado o blog....

Mågø Mër£Îm disse...

Se o silêncio não cura suas dores, fale!

beijo

*** Cris *** disse...

Olá,td bem?
Tem selinho pra vc lá no meu blog.
Bjs!

Juliana Lira disse...

O silêncio as vezes é muito mais devastador que as palavras!!!!
MAs no silêncio também há contemplação e conforto!

Saudades daqui

Milhões de beijos

Luna Sanchez disse...

Hoje mesmo eu disse a uma amiga que para que se estabeleça a confusão generalizada entre minha cabeça e meu coração, só falta a melancia...rs.

Beijo, flor.

ℓυηα