domingo, 30 de maio de 2010


“Tristeza é quando chove
quando está calor demais
quando o corpo dói
e os olhos pesam
tristeza é quando se dorme pouco
quando a voz sai fraca
quando as palavras cessam
e o corpo desobedece
tristeza é quando não se acha graça
quando não se sente fome
quando qualquer bobagem
nos faz chorar
tristeza é quando parece
que não vai acabar

3 comentários:

Saulo Nunes disse...

mas a tristeza tem sempre uma esperança de um dia não ser mais triste não (Vinicius)

oi bela sempre lindo esse seu espaço e suas impressões
beijos amiga!

Lucas Tiago R. de Freitas disse...

http://poesiadeclarada.blogspot.com/2010/06/declaracao-de-amor-mais-bonita-que-ja.html

Lua disse...

E doí, doí..

bjo ;)