sábado, 12 de março de 2011


Fim de tarde. 
Dia banal, terça, quarta-feira.
Eu estava me sentindo muito triste.
Você pode dizer que isso tem sido freqüente demais, ou até um pouco (ou muito) chato. 
Mas, que se há de fazer, se eu estava mesmo muito triste? 
Tristeza-garoa, fininha, cortante, persistente, com alguns relâmpagos de catástrofe futura.

3 comentários:

♪ Sil disse...

Caiooooooo que me mataaaaaa do coração!!!!!!!

- AMOOOOOOO -

Beijoooo

Rosa Vermelha disse...

Oi minha querida.

Adoro suas visitas e gosto muito de você. Ter você como amiga é presente
que muitas pessoas gostariam de receber. Te amodoro. Teu blog está
lindíssimo como você.
Super beijos,

RØS@V€RM€lh@

Simone disse...

A tristeza ás vezes doí :/