sábado, 10 de outubro de 2009


Eu tenho uma espécie de dever,
dever de sonhar, de sonhar sempre,
pois sendo mais do que uma espectadora de mim mesma,
eu tenho que ter o melhor espetáculo que posso.
E, assim, me construo a ouro e sedas,
em salas supostas,
invento palco,
cenário para viver o meu sonho
entre luzes brandas e músicas invisíveis.

5 comentários:

Me Barboza disse...

Sonhar sempre conforme ensinamentos do poeta maior!
Licensa de ir seguindo...
Abraços!!!

Borboleta de Sonhos disse...

MInha linda...
TEm selo pra vc no meu blog!
BEijos!!

O que elas estao lendo!? disse...

O dia de hoje é muito importante na vida das nossas criancas. Por isso mesmo temos algo bem especial. Passe por lá.

Abracos

Mariposa Louca disse...

gente
amei seu blog
as fotos, os textos
parabens

Bê Matos disse...

Um dia vira realidade, acredite. :)

demorei, mas retribuí a visita aqui, rs
Beijão :*